Alergia a Perfumes

Entenda como se manifesta a alergia a perfumes e como tratá-la

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Bem-Estar

Diminuidor

Sabe àquele mal estar terrível sentido após entrar em um elevador onde está uma pessoa que parece ter ‘tomado banho de perfume’, ou ainda quando você quer ficar perfumada para o companheiro e aplica a fragrância cheirosa na pele, na qual começam a doer cabeça, sentir náusea, nariz e pele ficam irritados, olhos lacrimejam, um verdadeiro incômodo, não é mesmo?

Com certeza deve conhecer alguém que já passou ou sempre sente esse desconforto. Pois é, fique atento, pois isso pode ser alguns dos sintomas clássicos de alergia a perfumes, fragrâncias e essências doces e bem acentuadas.  Não há nada mais desagradável do que começar a passar mal por causa do perfume de alguém. Por isso, separamos algumas dicas para você entender um pouco mais como se manifesta e a melhor forma de tratar essa alergia a perfumes.

Perfumes

Como se manifesta

Geralmente, a alergia a perfume se manifesta ao aplicar a fragrância adocicada e bem cheirosa com alguns compostos químicos presentes nos cremes, perfumes e sabonetes, xampus e condicionadores no corpo, na pele e no cabelo, que são bem perfumados. Além daqueles produtos de limpeza para ambientes da casa muito perfumados com essências de rosa e outras fragrâncias, que acabam por deixar a pessoa com alergia ao perfume e com mal estar. Sensações de desconfortos são sentidas logo após passar qualquer produto muito perfumado.

Começam a surgir os primeiros indícios como dor de cabeça, irritação no nariz, urticária, coceira e, em alguns casos, a região da pele fica avermelhada ao ser aplicado no corpo. Além disso, em alguns casos vêm acompanhada de dor irritação nos olhos e o individuo começa a lacrimejar e tossir. Não há nenhum caso conhecido de morte por causa da alergia, mas ao perceber os primeiros sintomas deve ser procurado um especialista para o diagnóstico preciso e tratamento adequado. Não deixe a alergia desenvolver, assim que forem percebidos os sintomas busque ajuda médica para aliviar esse mal estar e incomodo.

Como tratar

Como qualquer tratamento médico, deve ser realizado por um especialista credenciado e especializado. No entanto, o paciente também deve observar os sintomas clássicos como irritação da pele, nariz e olhos e vermelhidão ao aplicar o produto na região do corpo ou no ar e ambiente. Se começar a sentir as reações, relate ao especialista como foi a sensação, pois este indicará o melhor tratamento para sua recuperação. Além disso, evitar o contato com esses produtos e ficar atento sempre lendo as embalagens antes de aplicar é uma forma eficiente e ideal para reduzir os sintomas e os riscos da alergia a perfume e fragrâncias. Seguindo essas dicas o tratamento será simples e eficaz.

Diminuidor

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.