Alopecia

Conheça todos os sintomas e tratamentos, para está doença que afeta o couro cabeludo

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

A Alopecia é uma infecção que atinge milhares de pessoas, em sua maioria os que mais desenvolvem são os homens e os menores de 20 anos. Você mesmo já deve ter conhecido alguém com problemas de calvície ou perdas de cabelo, como buracos entre o couro cabeludo, por todas as partes do corpo, principalmente na cabeça. Está doença pode ser causada por diversos fatores, como hereditária, que passa de pai pra filho, através de lesões profundas, traumatismo, alergias, agentes radiativos, doenças, má alimentação, queimadura, estresse excessivo, e até por conta da menopausa, gravidez e pós-parto nas mulheres (alterações hormonais definitivas), pois eles podem causar alterações no folículo piloso do couro cabeludo, e se não tratado pode ocorrer perda total do cabelo.

Sintomas

calvície
Os sintomas mais comuns e aparentes da Alopecia são as perdas de cabelo em determinadas áreas e de forma ovais e totalmente lisas por todo couro cabeludo, os médicos também constatam que seus pacientes sentem em sua maioria forte formigamento, coceiras, queimação, tons avermelhados nas áreas, e tem até casos que foram detectados como perdas totais do couro cabeludo em todas as partes do corpo.

Existem cinco formas clássicas da doença: Alopecia Areata, que aparenta uma única forma oval, a Alopecia Areata em Placas Múltiplas ou Multifocal, que ao contrario da primeira apresenta varias formas ovais pelo couro, a Alopecia Areata Ofiásica, que aparenta uma faixa extensa, a Alopecia Areata Total, perda total dos cabelos da cabeça, e a mais forte que se chama Alopecia Areata Universal, onde tem a perda de todos os fios do corpo, incluindo sobrancelhas, e outras áreas.

Como Tratar

Existem diferentes métodos para tratar a Alopecia, tais como: Tratamentos naturais, com uso de ervas (Aloe Vera, alecrim, Centella asiatica, Gingko biloba e Saw Palmetto), pois elas auxiliam no fluxo sanguíneo do couro e bloqueiam a queda dos fios; Terapia a Laser, que atinge as células e estimula o crescimento dos cabelos; Transplantes capilares, com uma mini cirurgia, onde os especialistas colocam novos fios no local; Minoxidil, que é um dos medicamentos mais receitados para os pacientes, pois estimula o crescimento capilar, porém ele precisa ser tomado continuamente, para mostrar mais rapidamente os resultados e também existe o Finasterida, que é mais receitado para as mulheres, devido a presenças de alguns hormônios no medicamento.

Prevenção e Cuidados

alopecia

A Alopecia já foi constatada por médicos que não há formas de prevenção, e sim possibilidades de diminuir os efeitos indesejados, mas é sempre importante saber cuidar do couro cabeludo, como não expor a calores excessivos, usar sempre produtos adequados, procurar ajuda de médicos especializados, ter uma alimentação e hábito saudáveis no dia a dia.

Diminuidor

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.