Arritmia Cardíaca

Entenda tudo sobre a Arritmia cardíaca e como ela pode causar até morte

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

A arritmia cardíaca pode atingir pessoas de todas as idades, e por incrível que pareça está aumentando os casos em mulheres jovens e pode ter relação com declínios mentais.

A doença causa sensações de desconforto e alterações nos batimentos cardíacos, como frequentes mudanças cardíacas, e palpitações no coração, garganta, tórax e pescoço. O ritmo do batimento cardíaco varia do normal até os anormais. Com a doença o coração pode não conseguir bombear sangue que o corpo necessita o que pode causar diversos distúrbios no próprio órgão, como também em outras partes do corpo, como no cérebro, podendo causar até morte dependendo do grau.

sintomas de arritmia cardíaca

Durante um ataque de Arritmia cardíaca, o coração pode bater de forma devagar, que é conhecido pelos médicos, como bradicardia, ou até mesmo rápida, que é mais conhecido como tarquicardia, e está doença é muito comum em praticantes de atividades físicas que exigem esforço total do praticante. E os principais sintomas são desmaios frequentes, tontura, faltas de ar, dores no tórax, batimentos acelerados, batimentos fora do ritmo, e até palidez.

Principais Causas

As principais causas que levam a pessoa ter a Arritmia cardíaca são as doenças das artérias coronárias, insuficiência cardíaca, congênita, que vem desde o nascimento do bebê, desequilíbrios químicos sanguíneos, hipertireoidismo, lesão nas válvulas, cardiomiopatia, infarto, doença de chagas, uso de drogas, e até alterações de cálcio e sódio no organismo.

A doença pode ser diagnosticada de diversas formas e exames como o uso do Holter de 24 horas, Eletrocardiograma, Eco cardiograma, Testes ergométricos, monitores de eventos, e até estudos eletrofisiológicos.

Como Prevenir?

Para se prevenir contra a Arritmia cardíaca, é preciso antes de tudo, ter bons hábitos alimentares, como ingestão de legumes, verduras e ômega-3, evitar o excesso de álcool, cigarro, drogas, refrigerante, café, fugir das dietas exageradas, e controlar ao máximo o estresse. É importante também diminuir o consumo de gorduras saturadas, açúcar e sal, e sempre que possível praticar exercícios físicos, para controlar o peso, como natação, futebol, caminhadas, musculação, ioga e até andar de bicicleta e dormir bem, para ter uma vida mais saudável.

Como Tratar?

arritmia cardíaca

Existem diversas maneiras de controlar e tratar a Arritmia cardíaca, mas é sempre bom lembrar que precisamos de um auxilio e acompanhamento de um médio especialista, para saber exatamente o grau da doença e não haver piora no quadro, como a pessoa começar a ter ataques cardíacos, Angina, derrames e até uma morte súbita. Os principais meios que os médicos utilizam são: a terapia de eletrochoque, os medicamentos intravenosos, e até mesmo em forma de implante de um marca passo, tudo para auxiliar os batimentos cardíacos baterem de forma controlada e certa para levarem sangue para todo o corpo.

Diminuidor

7 comentários

  1. eliana gil de souza (18/07/2013)

    meu filho faleçeu com aritimia cardica com oval
    oque poderia fazer para o tratamento

  2. eliana gil de souza (01/12/2013)

    quero saber se a arritimia causa diarreia e vomito porque meu filho tinha vinte anos e morreu com arritimia cardica

  3. eliana gil de souza (01/12/2013)

    e isso quero saber se tinha como tratar

  4. debora (09/04/2014)

    tenho 27 anos e tenho iritimia cardiaca me trato com etenolol de 25 mais mesmo assim paso muito mal todos os dias nao sei mais o que fazer tenho medo de morrer….

  5. DEBORA (09/04/2014)

    TENHO 27 ANOS E TENHO IRITIMIA CARDIACA ESSAS RESPOSTAS ME AJUDARAO MUITO….

  6. elba nascimento (27/03/2015)

    tenho 30 anos e tenho arritmia sinto primeiro um desconforto no pescoço no meio da garganta tomo o sotalol sera que deve ser a arritmia tenho hipertioridismo

  7. José Rubens Batistella (27/06/2016)

    Tenho arritmia cardíaco, segundo o médico a mais simples. Sou ciclista. Ando em média 50 km por semana, aos sábados é que ando em média 35 m. Isso pode me prejudicar.Controlo meus batimentos através do monitor. Minha pressão abaixo quando ando. Qual o conselho de vcs? Meu médico me disse que posso andar, sem exageros e sempre controlando os batimentos e não passeios muito longos. Mas qual é essa distância? Quantos Km posso andar por dia. Se pudesse andaria 100km.Urgente, aguardo uma resposta no meu email. Obrigado.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.