Câncer de Boca

O câncer de boca pode ocorrer em diversas áreas internas e externas bucais. Entenda como age a doença.

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

O câncer de boca é um tipo da doença que se desenvolve em indeterminadas regiões que compõem a boca. Podendo ocorrer:

  • Lábios
  • Língua
  • Gengivas
  • Céu da boca
  • Cobertura interior das bochechas

Sintomas do Câncer de Boca

  • Ferida que não cicatriza na região oral
  • Íngua ou aumento de densidade da mucosa ou pele da boca
  • Mancha avermelhada ou branca no interior bucal
  • Dentes moles
  • Má acomodação da dentadura
  • Dor na língua
  • Rigidez ou dor na mandíbula
  • Dor ou dificuldade em mastigar e/ou engolir
  • Dor de garganta

câncer de boca

Fatores de Risco do Câncer de Boca

As causas para o desenvolvimento do câncer de boca não são comprovadas, contudo, é possível listar alguns fatores de risco para a evolução da doença, tais como:

  • Utilização de qualquer tipo de tabaco, como cigarros, cachimbos, charutos, fumo de mascar, rapé
  • Uso excessivo de álcool
  • Exposição abundante dos lábios aos raios solares
  • Incidência do vírus papiloma humano (HPV)

Tratamentos do Câncer de Boca

Cirurgia

A cirurgia de remoção do tumor consiste no tamanho e no estágio do câncer. O procedimento realizado é a retirada do tumor e de partes do tecido que se encontram ao seu redor. Se o tumor for grande, pode ser necessária a retiramento de uma parte do maxilar ou língua do paciente.

Radioterapia

A terapia de radiação faz uso de raios ultra potentes que tem como objetivo destruir as células cancerígenas. Os raios são aplicados diretamente no local onde está o câncer, ou pode ser feito o método de braquiterapia, no qual o paciente recebe sementes radioativas e fios dispostos na região do tumor.

Se o câncer estiver na fase inicial, a radioterapia pode ser o único meio de tratamento para eliminar a doença. A terapia de radiação também pode ser recomendada depois da cirurgia, e também pode ser associada com a quimioterapia – uma combinação mais eficaz para a eliminação da doença, entretanto, com mais efeitos colaterais. Esses resultados da radioterapia podem fazer com que a boca fique seca, além de implicar no surgimento de feridas na boca, cáries, sangramento das gengivas, sensibilidade dos dentes, tensão da mandíbula, erupções cutâneas, como fadiga e vermelhidão.

Quimioterapia

A quimioterapia é uma intervenção que faz uso de elementos químicos para exterminar as células cancerígenas. Esse procedimento pode ser administrado de modo isolado, em conjunto com outros tipos de drogas quimioterápicas, ou agregado com demais tratamentos para câncer.

Os efeitos colaterais da quimioterapia derivam do tipo de medicação que o paciente receber. Os mais corriqueiros são enjoo, vômitos, náuseas e queda de cabelo.

Prevenção do Câncer de Boca

causas de câncer de boca

  • Interrompa o uso de tabaco ou não comece a fumar, pois esse ato deixa as células da boca suscetíveis às substâncias químicas perigosas que podem levar ao câncer.
  • Consuma álcool com moderação, porque seu uso exagerado pode irritar as células da boca, deixando-as expostas para o desenvolvimento de câncer.
  • Mantenha uma alimentação saudável a base de frutas e legumes. Alguns alimentos podem ajudar a diminuir o risco de câncer de boca.
  • Proteja a pele dos lábios com protetor solar labial e fique longe da exposição exacerbada ao sol.
  • Visite o dentista regularmente.
Diminuidor

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.