Claustrofobia

Claustrofobia é o pavor que atinge um indivíduo apresentando-lhe os sintomas de ansiedade e pânico excessivos, que pessoas normais não teriam. Entenda mais a doença.

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

A fobia é uma forma de distúrbio de ansiedade no qual um indivíduo sofre muito medo e sem sentido de algumas situações ou objetos. Pessoas que apresentam problemas relacionados à ansiedade tem uma grande pré-disponibilidade de desenvolver uma fobia. Um dos tipos de fobia mais comuns é a claustrofobia, no qual o indivíduo sente um medo profundo de permanecer em ambientes fechados, podendo ter um ataque de pânico dentro de elevadores, aviões, salas lotadas ou áreas restritas.

claustrofobia

Sintomas Da Claustrofobia

Quando uma pessoa tem claustrofobia, ela pode apresentar alguns sintomas específicos durante um ataque de ansiedade em um ambiente restrito.

Sintomas físicos

  • Sudorese elevada
  • Frequência cardíaca aumentada
  • Hiperventilação
  • Falta de ar
  • Frivolidade
  • Náuseas (enjoo)
  • Desmaio
  • Pavor do dano ou doença real
  • Tremedeira
  • Sensação de asfixia
  • Ondas de calor ou calafrios
  • Dor ou sensação de aperto no peito
  • Dor de cabeça
  • Tontura
  • Sensação de desmaio
  • Boca ressecada
  • Zumbido no ouvido
  • Desorientação ou confusão
  • Vontade de ir ao banheiro
  • Formigamento ou dormência dos membros do corpo

Sintomas psicológicos

  • Medo de desmaiar, perder o controle e de morrer.
  • Pavor intenso

Causas Da Claustrofobia

As causas da claustrofobia podem estar associadas quando um indivíduo sofreu um episódio traumático durante a infância. Por exemplo, se alguém ficou preso em um local confinado – durante algum tempo, em um elevador, por exemplo – quando criança pode vir a desenvolver a claustrofobia quando adulto.

O transtorno também pode vir do berço, podendo estar relacionado à genética familiar, se algum parente próximo teve ou tem o problema, ele pode ser herdado. Além disso, se o pai ou mãe da criança tinha claustrofobia, essa criança pode vir a se tornar claustrofóbico quando adulto, isso porque os pais podem ter transmitido as sensações de medo e ansiedade para os filhos durante a sua fase de desenvolvimento.

Tratamentos Da Claustrofobia

sintomas de claustrofobia

O tratamento de qualquer tipo de fobia, contando com a claustrofobia, é realizada a partir de métodos psicológicos. Dependendo de cada caso, os métodos podem ser variados como os descritos a seguir:

  • Superexposição. Este é um tipo de tratamento em que o indivíduo com claustrofobia é exposto a sua maior forma de fobia até que o ataque de ansiedade passe. A assimilação de que a pessoa encontrou objeto ou situação mais temida e este contato não resultou em nenhum prejuízo real, pode ser uma potente forma de enfrentar o problema e tratá-lo.
  • Condicionamento contrário. Se o paciente não for capaz de tentar o método citado acima, o condicionamento contrário pode ser uma alternativa de resolver o problema. Desse modo, o claustrofóbico aprende a utilizar uma forma de relaxamento específica e técnicas de visualização enquanto estiver passando por uma crise de ansiedade. E, aos poucos, o indivíduo vai conseguindo relaxar física e mentalmente. Ocasionalmente, ele pode ter de enfrentar a causa de seu temor, sem usar da forma mais agressiva de superexposição, podendo sentir-se menos ansioso. Esse recurso é determinado de dessensibilização sistemática.
  • Modelagem. O paciente assiste outras pessoas enfrentando situações que lhe causariam o ataque de pânico sem demonstrar fobia, e, deste modo, estimulado a adquirir esta confiança.
  • Terapia cognitiva comportamental (TCC). O indivíduo é estimulado a encarar e alterar os pensamentos e ações determinadas que resultem no sentimento de medo.
  • Medicamentos. Drogas como antidepressivos e calmantes podem ajudar no tratamento em conjunto com a terapia psicológica.
Diminuidor

17 comentários

  1. elosine matola (22/07/2014)

    meu nome é Elosine tenho Claustrofobia a mais de 10 anos e como já tenho 54 anos só piora cada vez mais já fiz vários tratamentos e nao resolve gostaria de uma opinião o que devo fazer pois hoje sou prisioneira desta doença.
    abraços

  2. Ágata (14/01/2015)

    Quando sinto falta de ventilação em algum lugar, ou falta de qualquer coisa, de sair de um lugar mais rápido ou fico muito ansiosa, meu coração fica acelerado, sinto falta de ar, tremo, minha visão escurece e esses dias por estar grávida quase desmaiei por querer sair depressa do supermercado.Não gosto de estar em um lugar que eu veja que está fechado.. só de falar me sinto incomodada.. queria saber se os sintomas que falei pode ser comum em claustrofobia, ou é apenas pressão baixa..

  3. Roseli Pereira de Amorim (19/06/2015)

    Eu sou claustrofóbica e estou iniciando meu tratamento com psicóloga e psiquiatra mas confesso que está muito difícil do nada eu começo ter a crise.

    • Fabiana (05/02/2016)

      É bem difícil mesmo, no início as crises de fobia são horríveis, mas com os remédios fica bem mais fácil e a cura vem logo, obvio q dá muito medo até de sair de casa, no meu caso meu psiquiatra me receitou antidepressivo e rivotril sublingual para os momentos q sentir q vai dar uma crise. Melhorei. Mas percebo q não posso entrar em lugares abafados sem ventilação. Hoje entrei num mini shopping q é super abafado para pagar uma conta e ir no caixa eletrônico, lá dentro tava um bafo e começei a me sentir mal e ficar nervosa, parecia q ia infartar, fiz a operação correndo e saí voando dali e do shopping, coloquei um rivotril sublingual na boca e sai rápido, cheguei na rua desesperada passando mal mas quando parei ao lado numa farmácia q tinha split bem frio na porta, fiquei ali um pouco e logo melhorei. O rivotril sublingual ajuda bastante tbm.

  4. MÁRCIA MARIA AS.DA SILVA (10/10/2015)

    PREZADOS SENHORES

    HÁ MAIS DE DEZ ANOS TRATO-ME COM PSIQUIATRA.
    JÁ CHEGUEI A TOMAR CINCO TIPOS DE COMPRIMIDOS POR DIA.
    TROQUEI DE PSIQUIATRA. O MESMO DISSE QUE TINHA SÍNDROME DO PÂNICO, DEPRESSÃO CRÔNICA E CLAUSTROFOBIA.
    COMECEI A TOMAR TRÊS COMPRIMIDOS AO DIA.
    DEPOIS DE DOIS ANOS ELE MUDOU PARA DOIS AO DIA E HOJE SO TOMO MEIO DE CADA.
    CLONAZE3PAN 2MG E CLORIDRATO DE SERTRALINA 50 MG.
    ESTOU ÓTIMA.
    TENHO UMA FILHA Q MORA NO CANADÁ HÁ MAIS DE QUINZE ANOS.
    NUNCA FUI ATÉ LÁ VISITÁ-LA. ELA SOFRE MUITO COM ISSO, GOSTARIA MUITO DE IR ATÉ LÁ, MAS A PAÚRA É MAIOR QUE A VONTADE. JÁ TIVE CRISE DENTRO DO METRÔ DA LINHA AMARELA. TIVE QUE SER CARREGADA, MINHAS ROUPAS FICARAM ENSOPADAS.FOI HORRÍVEL E HUMILHANTE.
    POR FAVOR, PRECISO DE AJUDA.
    O QUE DEVO FAZER. ELA QUER Q EU VÁ NO PRÓXIMO FINAL DO ANO.
    AJUDE-ME

  5. MÁRCIA MARIA AS.DA SILVA (10/10/2015)

    EM TEMPO…..TENHO 63 ANOS

    • Gisa (25/08/2016)

      Rosangela eu tb tenho este problema porque fiquei presa no elevador quando tinha 5 anos e nunca tive andado de elevador corri na frente de minha mãe entrei no elevador e fiquei presa sem ninguém. Demorou o socorro e fiquei aos gritos hj so ando no elevador se tiver alguém e ja tive uma crise dentro do avião e não teve jeito não podia descer mais.Então tomei um comprimido de rivotriu 5mg não que me acalmei e deixei todo mundo tranquilo tb no avião até descer.depois de ter colocado todo mundo em pânico me acalmei com o remédio.Para te deixar tranquila o avião internacional você não sente que está em um avião porque ele é muito grande é mais tranquilo do que avião comum.Vc fica assistindo uns 3 filmes quando vc ver ja chegou.

  6. ROSANGELA GOUVEA (28/12/2015)

    TENTO PASSAR EM TÚNEIS , SE FOREM LONGOS PASSO MUITO MAL, MAS SE FOREM TÚNEIS CURTOS E TRANQUILO PRA MIM….ALGUEM SABE ONDE POSSO FAZER TRATAMENTO PARA ESTE SINTOMA… NOS QUE PASSAMOS POR ISSO E TRISTE DEMAIS….

  7. ROSANGELA GOUVEA (28/12/2015)

    SEMPRE ME ESFORÇO PARA PASSAR EM TÚNEIS LONGOS AKI NO RIO DE JANEIRO.. E AI PASSO MMUITO MAL, SENSAÇÃO DE PANICO, QUANDO SÃO TÚNEIS CURTOS SEM PROBLEMAS, ALGUEM SABE ME DIZER ONDE POSSO ME TRATAR… OBRIGADA…..

  8. suemar (09/01/2016)

    fui fazer uma resocianina magnetítica e não conseguir só sedado isto e sinal de claustofobia

  9. hono menezes (13/03/2016)

    gostaria de saber uma solucao ,porque tenho medo de elevador e dirigir em ladeira ,me ajudem ,isso tem atrapalhado minha vida.

  10. Alfredo (14/03/2016)

    Eu não tinha medo de avião até passar por uma forte e demorada turbulência, agora toda vez que vou viajar novamente, eu tenho muita ansiedade, vontade de sair correndo e fugir do embarque, na hora que o avião vai decolar eu começo a suar frio nas mãos, muita ansiedade, até que o avião atinge a altitude de cruzeiro e começo a ficar mais calmo, e eu nunca tive o azar de ficar preso em um elevador mas tenho certeza que passaria muito mal, me considero ansioso e claustrofóbico.

  11. Gabriely Klissia (30/03/2016)

    Meu nome é Gabriely, eu nao tenho certeza se tenho essa fobia, mais quando me sinto presa, eu fico com uns desses sintomas muito fortes, como vontade de ir ao banheiro, coração bate muuito forte, tremor e uma falta de ar insuportável, isso pode me causar algo mais grave ?

  12. Elisabeth Incrocci (26/06/2016)

    Sou claustrofóbica e não acredito que exista nenhum tratamento para isso. A pessoa entra em pânico se ficar dentro de lugar fechado.

  13. AnnaLú (08/08/2016)

    uma vez quando tinha 4 anos e hoje eu tenho 11 anos, eu fiquei pressa no banheiro por 30 minutos ( mas parecia uma vida ) e desde então eu tenho muita claustrofobia

  14. carla (30/08/2016)

    acho que sofro disso tambem nao consigo entrar em lugares fechados principalmente em onibus que tem ar e nao da para abrir as janelas gente passo muito mal da vontade de sair correndo fico sem ar me da sensaçao de formigamento parece que vou morrer e horrivel to buscando em Deus a cura e to me sentindo mais calma

  15. MARTA ALVES FERREIRA LIMA TEIXEIRA (03/09/2016)

    MARTA TEIXEIRA EU QUANDO ERA CRIANÇA TINHA MUITO MEDO DAS BATAS BRANCAS QUANDO EU FIQUEI NO HOSPITAL SÓ GRITAVA MUITO PORQUE TINHA MUITO MEDO DEPOIS A PARECEU O MEU PEDIATRA VEIO TER COMIGO MAS FIQUEI CONTENTE E EU SOFRO DE CLAUSTROFOBIA DEPOIS FIQUEI PRESA DO ELEVADOR E TAMBÉM NA CASA DE BANHO DE UMA AULA DE DANÇA DEPOIS A MINHA PROFESSORA FOI ME BUSCAR E FIQUEI COM O TRAUMA PARA RESTO DA MINHA VIDA E TAMBÉM TENHO MEDO DE DAR DE AVIÃO PORQUE CAUSA TURBULÊNCIA DO AVIÃO PARECE QUE O AVIÃO CAIR SÓ NÃO TENHO MEDO DE ANDAR DE CRUZEIRO E FIQUEI FECHADA DO CARRO SÓ ENTRO QUANDO TIVER COM OS MEUS PAIS AO PÉ

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.