Doenças Psicológicas

Conheça um pouco mais sobre essas doenças que se tornaram bastante comum em nossa sociedade moderna

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

Com o corre corre diário, com as pessoas a cada dia com menos tempo, o aumento das tarefas a serem executadas, o estresse e a diminuição da qualidade de vida, esse grupo de doenças conhecidas como Doenças Psicológicas aumentou significativamente. Problemas que outrora não eram reconhecidos como doença, hoje em dia ganham especialistas e o pior, muitos pacientes.

Chamadas de distúrbios, disfunções, transtornos ou perturbações, as doenças psicológicas abalam o sistema nervoso do paciente que, muitas vezes, pode ter atitudes que levam risco à sua própria vida. Segundo especialistas, a maior parte dos casos de doenças psicológicas são atribuídas à bagagem e  histórico pessoal do paciente, ao estilo de vida, à cultura e até à sociedade em que ele vive.

psicoses

A depressão, ansiedade e bipolaridade são os exemplos mais comuns de doenças psicológicas nos dia de hoje.

Sintomas

Os principais sintomas de um quadro de doença psicológica é a alteração de seu bem estar psicológico. Perturbações, alterações na memória, lentidão de pensamento, pensamentos conturbados e desconexos, crises de fúria, crises de tristeza, raiva, choro, enfim, muitos são os sinais que podem apontar para um quadro de doença psicológica.

Apesar de bastante variados, cada paciente apresentará um sintoma diferente de acordo com sua cultura, sua vivência, seus conflitos pessoais ou suas carências, tanto físicas como psicológicas.

Por não se tratarem de doenças que afetam o físico do paciente, muitas vezes os sinais podem passar desapercebidos.

Diagnóstico

O diagnóstico para doenças psicológicas é feito basicamente com o acompanhamento de médicos especialistas como psicólogos ou psiquiatras. Exames como eletroencefalograma também ajudam no diagnóstico,  pois podem detectar alguma disfunção ou até mesmo lesão cerebral no paciente.

Fundamental para o diagnóstico é a percepção do problema por parte do paciente, já que na maioria dos casos o acometido tem resistência para procurar um especialista.

Prevenção

A principal prevenção para esses tipos de doença é o bem estar social. Relações interpessoais de convívio diário são saudáveis para evitar um problema psicológico. Ler, sair, passear, namorar, todas essas são atitudes que podem reduzir os riscos do acometimento por doenças psicológicas. Evitar o uso de drogas e do álcool também ajudam nessa prevenção, já que o “sair de si”, o “fugir de sua própria realidade”, bastante comum em usuários de drogas e de álcool podem acarretar problemas psicológicos sérios.

O principal segredo, neste caso, é o estar bem consigo mesmo, evitar momentos de nervosismo, stress e praticar atividades prazerosas. A prática de atividades físicas também faz bem para o cérebro e ajuda na prevenção.

doenças psicológicas

Tratamento

O tratamento para esse tipo de problema é 100% psicológicos. Terapias, atividades físicas e culturais auxiliam bastante o paciente acometido. Ema casos mais graves, quando o paciente não consegue perceber o problema pode ser necessária a ministração de medicamentos. Relaxantes, calmantes e ansiolíticos são bastante utilizados nos tratamentos de doenças psicológicas.

No caso da depressão, exemplo mais comum de doença psicológica, já existem no mercado um série de medicamentos antidepressivos que ajudam na recuperação do paciente.

Diminuidor

5 comentários

  1. janaina inacio (16/03/2015)

    ola se eu achar que3 estou com infeccao urinaria,e faco exame n acusa nada,pode ser psicologico?

    • waldir (27/11/2015)

      eu estou sentindo o mesmo acho que isso eh psycologico

    • Natalia Ferri (11/03/2016)

      infecção urinária pode ser psicologico? estou sempre mal. Convivo com isso a anos, doi tanto que chega a sangrar.

  2. Rosa Maria Pires Santiago (30/06/2016)

    Estou sempre com dores na coluna, agora foi diagnosticado 3 ernias de disco na cervical e outro problema na lombar, tenho quase certeza que é uma doença psicosomatica, pois sempre tive a maioria dos sintomas, mas só agora descobri

  3. maryel pereira da silva (29/07/2016)

    oi, meu nome é maryel e todos os sintomas citados a cima ultimamente sinto todos não sei se é psicológico mais se for queria saber como agir agora preciso de ajuda

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.