Dor Abdominal

Saiba as Principais Causas e Formas de Prevenir as Dores Abdominais

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Dores

Diminuidor

Muitas pessoas e de todas as idades já sentiram dores abdominais na vida, ela pode ser caracterizada como um dor leve, moderada ou até intensa, muitas vezes essas dores não significam que a pessoa esteja com uma doença grave, mas é importante observar se ela acontece com constância e procurar um médico.

causas de dor abdominal

As dores localizadas, só se manifestam em um lugar especifico no abdômen, e podem significar problemas com o estômago ou apendicite. Já a generalizada, pode ser gases, ou até mesmo uma bactéria estomacal. Quando a dor se manifesta em forma de cólica, pode ser problemas nos cálculos biliares e renais, e por fim, a dor que se caracteriza como cãibras, muitas vezes não são consideradas graves e podem ser apenas gases.

Pode ser considerada uma dor abdominal, se estiver localizada em determinados órgãos como: no intestino, estômago, rins, pâncreas, baço, vesícula biliar, ligamento e até nos músculos, e o que muitas pessoas não sabem é que estes desconfortos podem ter vindas, na verdade pelas artérias, órgãos genitais e até pela bexiga.

Quais as Causas?

Existem diversos motivos diferentes que podem causar as dores abdominais, tais como: Intoxicação alimentar, prisão de ventre, gripe estomacal, apendicite, cálculos renais, intestino sensível, ataque cardíaco, aneurisma, câncer no estomago, inflamação da vesícula, cólica menstrual, infecção urinária, pneumonia, alergias, pancreatite, úlceras, obstrução intestinal, gravidez tubária, inflamação pélvica, estiramento no músculo  diverticulite, refluxo gastroesofágico e até por endometriose, como podemos observar a doença pode vim de outras partes do corpo, chegando a dor até a barriga.

Como Prevenir?

Assim como existe diversa causas, também podemos prevenir estas dores, lembrando que mesmo com todas as medidas para prevenir, ainda corremos o risco de ficar com estas dores.

dor abdominal

Veja Algumas Dicas de Prevenção

Tenha uma alimentação balanceada e saudável, como ingestão de mais verduras, frutas, ricas em fibras, e evitando o consumo de comidas pesadas, gordurosas, e que aumentam a produção de gases, também pratique exercícios físicos regularmente, nem que seja apenas uma caminhada de 30 minutos pelo bairro, e a principal dica é beber bastante água durante o dia, além de melhorar a sua digestão, melhora na qualidade devida, elimina as impurezas do corpo e deixa sua pele com aspecto saudável e linda.

Como Tratar as Dores?

O ideal é buscar ajuda de um médico, caso essas dores persistam. Alguns exames que podem ser solicitados são: o ultrassom, radiografia do abdome, enema de bário, tomografia computadorizada, exames de fezes, de urina e de sangue, eletrocardiograma e até exames no intestino delgado e colonoscopia, tudo para verificar se estes desconfortos são apenas dores, ou se trata de uma doença mais grave como câncer e também a melhor maneira de tratar.

Dependendo do caso, podem ser receitados apenas alguns medicamentos específicos, sem precisar fazer cirurgias ou o paciente ficar internado.

Diminuidor

1 comentário

  1. ana clara (19/04/2015)

    Meu nome e Ana tenho dores abdominais mais de um mês tenho tontura vomito e não consigo usar o banheiro nem soltar os gazes tomo Buscopan e Simeticona tambem cha de funcho com erva doce mesmo assim nada resolve não como quase nada pois não sinto fome as vezes a fome vem em menos de um minuto acaba oque fazer…

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.