Insuficiência Cardíaca

Confira mais detalhes, entenda o que é e conheça mais sobre esse problema que afeta milhares de pacientes em todo o mundo

Artigo publicado por Roberto Magalhães nas categorias: Doenças

Diminuidor

Também conhecida como Insuficiência Cardíaca Congestiva, essa doença se desenvolve a partir da incapacidade do coração em conseguir bombear suficientemente o sangue para o resto do organismo. Considerada uma doença crônica, a Insuficiência Cardíaca ocorre devido à uma série de problemas. Insuficiência ou rigidez dos músculos cardíacos podem causar o problema e isso acarreta na insuficiência do coração em bombear o sangue para o restante do corpo, prejudicando a oxigenação do organismo e do cérebro.

paciente cardíaco

Com o bombeamento do sangue comprometido o sangue pode ficar estagnado em outras partes do corpo causando acúmulo de líquido nos pulmões, no fígado, no sistema gastrointestinal, nos braços e nas pernas. Doenças arteriais e coronarianas são as principais causadoras da Insuficiência Cardíaca, já que os vasos sanguíneos, nesse caso, são comprimidos e acabam sendo insuficientes para a passagem do sangue.

Complicações como a cardiopatia, ataque cardíaco, doenças das válvulas do coração, arritimias, anemia, enfisema, hipertireoidismo e hipotireoidismo também são problemas que aumentam o risco do paciente sofrer de Insuficiência Cardíaca.

Sintomas

Existem sintomas específicos para cada lado do coração que foi afetado. Se o lado afetado foi o esquerdo, o paciente poderá sentir falta de ar, tanto em pé, exercendo atividades, como em repouso, fraqueza, cansaço, inchaço e acúmulo de água em outros órgão do corpo. É importante ficar atento ao primeiros sinais, afinal o acúmulo de líquido pode causar insuficiência hepática e renal do paciente. Ainda no caso de problemas e insuficiência no lado esquerdo do coração, o quadro pode evoluir ainda para edema de pulmão que pode levar o paciente ao óbito.

Quando o problema é do lado direito do coração, o paciente pode sofrer com o aparecimento de edemas no fígado e nos membros inferiores.

Diagnóstico

Exames físicos são os mais indicados para se detectar o problema de Insuficiência Cardíaca. Exames clínicos como a ausculta cardíaca para a verificação de sopros no coração, ausculta pulmonar, verificação das pernas, radiografia de tórax, para a verificação do tamanho e do volume do coração, e ecocardiografia são os procedimentos indicados para um diagnóstico seguro desse tipo de problema.

Prevenção

doença cardíaca

Como em todo o tipo de problema ou doença do coração, hábitos saudáveis são fundamentais para a prevenção dessa anomalia. Manter a pressão arterial dentro dos limites, medir sempre a frequência cardíaca e o colesterol são atitudes que podem prevenir o paciente. A prática de exercícios físicos e o balanceamento da dieta também ajudam na prevenção do problema.

Deve-se evitar ainda o fumo, o uso excessivo de medicamentos, de álcool e do sal.

Tratamento

O tratamento para a Insuficiência Cardíaca deve ser feito sempre com acompanhamento médico. Evitar o sal, praticar exercícios físicos e tomar medicamentos diuréticos e de ação no músculo cardíaco também são medidas que fazem parte do tratamento. Em casos de insuficiência causada por arritmias, por exemplo, deve-se seguir o tratamento para o primeiro problema antes de começar a tratar a insuficiência. Em casos mais graves e evoluídos pode ser necessário o transplante cardíaco.

Diminuidor

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.